Início >> Noticia >> Multiplicadores do Projeto Nova PGE recebem treinamento sobre Política de Segurança da Informação
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Multiplicadores do Projeto Nova PGE recebem treinamento sobre Política de Segurança da Informação

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) realizou nesta quinta-feira, 12, uma reunião para apresentar a projeto referente à Política de Segurança da Informação (PSI) da instituição para os multiplicadores e os mobilizadores do Projeto denominado “Nova PGE - Valorização dos servidores e otimização da utilização dos espaços físicos da PGE/PA”. O evento ocorreu na sede da Escola Fazendária, em Belém.

O objetivo do projeto é desenvolver a campanha “Uma Nova PGE Vem Aí” visando a melhoria do clima organizacional e a implantação de uma nova cultura de trabalho, adequada às novas instalações físicas do órgão. A ação tem as seguintes abordagens: valorizar os servidores, otimizar a utilização dos novos espaços físicos, que serão ocupados em breve, a partir da inauguração do anexo do prédio-sede, estabelecer regras mínimas de convivência e alcançar maior eficiência na instituição e a melhoria da gestão dos recursos humanos e da infraestrutura.

O treinamento sobre a PSI foi ministrado pelo técnico do setor de Tecnologia da Informação da PGE, Luiz Antonio Baganha. Ele informou que o projeto visa estabelecer medidas para a segurança dos dados e informações públicas, administradas ou manuseadas pela PGE/PA, disciplinar o uso racional dos recursos disponibilizados e definir critérios para uso da internet, correio eletrônico e sistemas de informação da rede de computadores pelos servidores e usuários do órgão.

“A PSI tem como objetivo maior a orientação e conscientização dos servidores públicos sobre o uso dos recursos disponíveis, a fim de garantir a integridade, disponibilidade, veracidade e segurança das informações. Além dessas questões, a política também ajudará no aumento da produtividade e da redução de desperdícios no ambiente de trabalho”, ressaltou Luiz Baganha.

Entre outras normas, o projeto vai definir regras para o compartilhamento de informações, orientações sobre o uso de computadores da PGE e acesso à internet e responsabilidade dos usuários, especialmente em caso de violação da PSI. Estarão diretamente envolvidos na ação, servidores da área de Tecnologia da Informação, Recursos Humanos, Corregedoria, Comissão Interna Disciplinar e todos os usuários do órgão. O projeto terá o apoio técnico da Empresa de Tecnologia da Informação e da Comunicação do Pará (Prodepa).

O projeto da PSI reflete a preocupação da gestão da instituição com as informações que os servidores lidam no dia a dia profissional. Além de garantir a proteção adequada a dados e documentos oficiais, será possível padronizar as atividades, e, principalmente, garantir segurança no uso de equipamentos e à atuação da Procuradoria.

Para o procurador-geral do Estado, Ophir Cavalcante Junior, “a Política de Segurança da Informação é fundamental para que os servidores possam utilizar os recursos da área com seriedade, compromisso e de forma correta. Trata-se de investimentos realizados com o dinheiro público e, neste sentido, não podemos aceitar o uso de equipamentos institucionais em favor de interesses pessoais. Portanto, a politica de segurança profissionaliza e ordena a formulação das politicas de gestão da PGE”, frisou.

“São normas que implicam na mudança de cultura, em novas rotinas e na adoção de boas práticas que, com toda a certeza, vão prevenir e evitar riscos ao sistema, repercutindo diretamente no resultado do trabalho dos usuários. Para a gestão pública é fundamental conscientizar sobre esses riscos e estimular práticas que podem ser aplicadas em benefício da atividade-fim da instituição”, destacou o titular da PGE/PA.